sábado, 31 de outubro de 2015

Horário de missas nos cemitérios de Natal no Dia de Finados


Livro "Gisele Bündchen" será lançado em novembro a R$ 499,90

O livro "Gisele Bündchen", com 536 páginas e mais de 300 fotos da modelo brasileira feitas por profissionais de renome internacional, será lançado em São Paulo no dia 6 de novembro, custando R$ 499,90.
Segundo reportagem no portal alemão DW, o lucro será 100% destinado a projetos sociais.
Com 28 por 39 cm de dimensão, a Edição do Colecionador tem capa dura e vem em uma caixa de acrílico.
De acordo com a reportagem, a modelo brasileira acumula uma fortuna de 450 milhões de dólares.
Ilustração reproduzida do portal DW.

General cubano de 76 anos pede demissão e reafirma fé no PC

O "Granma", órgão oficial do Partido Comunista de Cuba, está publicando em seu portal o pedido de demissão do general cubano Abelardo Colomé Ibarra, 76 anos,  endereçado ao presidente Raul Castro.
A carta está data de 21 de outubro.
No documento o general afirma: "Dos meus 76 anos de vida, 60 deles foram dedicado á Revolução. Enquanto estiver vivo continuarei um soldado a seu serviço e militante do Partido Comunista que me educou".
Segundo o portal, o pedido foi aceito pelo Conselho Estado.
Um outro saite - do Diário de Cuba, sem ligação com o regime castrista e editado em Madri, o general Ibarra era o encarregado da repressão política em Cuba, na sua condição de Ministro do Interior.
O Diário de Cuba atenta para o fato de que nem a carta de demissão, nem a reportagem do Granma, citam o fato de que além de ministro do Interior e integrante do Conselho de Estado, funções a que renunciou, o general também é deputado na Assembleia Nacional do Poder Popular e membro do poderoso Birô político do PCC.
O sucessor de Colomè Ibarra no Ministério do Interior já foi escolhido pelo presidente Raul castro. É outro veterano da luta armada em Sierra Maestra: o general Carlos Fernández Gondim, de 77 anos.

Wilma visita obra de restauração em Mãe Luiza

Ao lado do secretário de Obras e Infra-estrutura, Tomaz Neto, e do engenheiro Jarbas Cavalcanti, a prefeita em exercício de Natal, Wilma de Faria, fez uma visita técnica, na manhã dessa sexta-feira, dia 30, às obras de recuperação das encostas de Mãe Luiza, que incluem a reconstrução 26 casas e reforma de 46 moradias, além de uma academia para terceira idade.
De acordo com Tomaz Neto, as obras estão previstas para serem finalizadas no final de novembro. “Foram mais de 7,5 milhões de reais; um milhão e oitocentos mil foram de emergência, assim que aconteceram os deslizamentos; e 5,6 milhões é o valor da obra. As casas estão sendo reconstruídas com recursos próprios da prefeitura”, detalhou o secretário.
Nota encaminhada pela Assessoria da prefeita em exercício.


Abecedista vê com ceticismo o "Mais RN" de Rogério

Tão logo postei no twitter chamada para a matéria sobre o projeto "Mais RN", que o deputado Rogério marinho entregou, como sugestão, ao governador Robinson Faria, o leitor "luiz @apcluiz", servidor público estadual, professor de Física (licenciado pela UFRN) e torcedor do ABC reagiu de forma cética e se justificou nas ruas postagens que reproduzo abaixo:
Na primeira: "Destruiu o @abcfc em pouco mais de um ano. Duvido que tenha projeto para desenvolver um Estado"
Na segunda, fulminou: "Faz-me rir um projeto de desenvolvimento apresentado por Rogério Marinho. O cara destruiu um time de futebol".




Zenaide Maia cumpre programação em Parelhas

A 5ª edição da FENEPAR – Feira de Negócios de Parelhas e a 35ª Festa dos Caminhoneiros foram encerradas na noite dessa sexta-feira (30) na sede do Clube Acampar, em Parelhas. A deputada federal Zenaide Maia (PR/RN) esteve presente prestigiando antes a missa em ação de graças aos caminhoneiros, na igreja de São Cristóvão, padroeiro dos caminhoneiros. 
Em seguida, Zenaide Maia acompanhada da presidenta da Câmara Municipal, vereadora Dra. Guia, ex-vereador Canindé Moreno, o secretário de turismos Carlinhos, estiveram no encerramento da FENEPAR.  
"Eventos como a FENEPAR, além de gerar negócios, faz com que movimente a economia da cidade e da região. A organização está de parabéns", declarou Zenaide.
Texto e fotos encaminhados pela G7 Comunicação.


Carestia em Brasilia é 3 vezes maior que a média nacional

O aumento do custo de vida em Brasilia chega a ser três vezes maior do que a média nacional - revela reportagem no Correio Braziliense, que dedica ao tema a sua manchete de capa neste sábado, 31 de outubro.
Para se ter uma ideia, passagens de ônibus subiram entre 20 e 30%. 
No metrô, a majoração foi ainda mais alta: 33%. 
Segundo o IBGE, o IPCA de 16 de setembro a 15 de outubro, registrou, como média nacional, o índice de 0,66%. Em Brasília, foi 1,28%.
Por sua vez, o PC-S, da Fundação Getúlio Vargas que registrou alta de 0,67% na quadrissemana de outubro, em Brasilia registrou 1,79%.

Jucurutu: Prefeitura resolve problema d´água nos sítios São Braz e São Bento

O município de Jucurutu/RN tem o Rio Piranhas como sua principal fonte de abastecimento. Mas dado ao prolongado período de seca instalado na região Nordeste, o Piranhas encontra-se quase seco. Mediante a esse cenário a Prefeitura Municipal vem desenvolvido desde 2013 inúmeras ações para amenizar a situação e manter a população com água em casa. Em alguns trechos do Rio ainda existe água, como é o caso do profundo “Poço da Tapera”, que hoje garante o abastecimento normal nas comunidades rurais São Braz e São Bento, após governo municipal ter finalizado na última semana a mudança do local de captação e a construção de uma nova rede de distribuição.
“Sentimos a dificuldade no abastecimento dos sítios São Braz e São Bento, procuramos o prefeito George Queiroz, que de imediato nos atendeu, resolvendo o problema de água”, disse o vereador Júnior de Dequinha - representante das comunidades - nesta sexta-feira (30) durante visita ao “Poço da Tapera”, acompanhado de moradores e do prefeito George. A ação da administração municipal contemplou as duas localidades ainda com a instalação de um poço tubular, que através de uma bomba abastece duas caixas d'água de 5 mil litros cada, ficando água a disposição da população a qualquer hora do dia. As caixas foram anexadas recentemente a bases de alvenaria e funcionam como chafariz com torneiras.

Rogério passa pra Robinson cópia do projeto "Mais RN"

O governador Robinson Faria (PSD) recebeu na noite desta sexta-feira (30) o Mais RN, minucioso planejamento com metas e sugestões para o desenvolvimento do Estado pelos próximos 20 anos. O projeto, idealizado pelo deputado federal Rogério Marinho (PSDB) durante sua passagem pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico do RN, transformou-se em realidade a partir da parceria firmada com a Federação das Indústrias do RN (Fiern).
O Mais RN foi entregue ao governador exatamente na solenidade de posse da nova diretoria da Fiern, realizada no Olimpo Recepções. Reeleito para mais um mandato à frente da Federação, o presidente da instituição Amaro Sales repassou o estudo para Robinson ao lado do ex-presidente da Fiern e atual Secretário de Desenvolvimento Econômico do Estado, Flávio Azevedo.
Para Rogério, que prestigiou o evento, "o MAIS RN será um marco para o desenvolvimento do Estado, que precisa há muito tempo de um plano de desenvolvimento pensado de maneira conjunta a curto, médio e longo prazo. Com o MAIS RN, o estado terá a integração de sua economia com projetos que garantirão o crescimento sustentável e competitivo em uma perspectiva de 20 anos".
O MAIS RN propõe ações setoriais e projetos estruturantes com capacidade para atrair R$ 171 bilhões em investimentos públicos e privados para o Estado até 2035. Amaro Sales defende a construção de uma política industrial para o RN, articulada pelo setor produtivo junto ao Governo, justamente a partir das metas apresentadas pelo MAIS RN. "Em meio à recessão econômica é preciso pensar no futuro, dar as mãos e projetar o que queremos e como chegaremos lá, dentro de uma política industrial. E esta é a contribuição do Sistema Fiern", afirma Amaro.
Texto e foto encaminhados pela Assessoria do deputado Rogério Marinho.

sexta-feira, 30 de outubro de 2015

Assalto a ônibus deixa jornalista Geórgia Nery indignada

A apresentadora da TV Ponta Negra, Geórgia Nery, que conduz o programa "Notícias da manhã", primeiro informativo local transmitido logo cedo, das 7 às 8 horas, de segunda a sexta-feira orientou, hoje, no ar e ao vivo, a sua produção: "Precisamos fazer uma matéria todos os dias para procurar saber o que está sendo efeito para evitar esse tipo de violência".
Ela se referia à matéria que estava apresentando - Um assalto a ônibus no bairro das Quintas. Na reportagem de Sérgio Costa,o motorista do ônibus estava revoltado.
Ele contou que recebeu a comunicação do assalto "na curva da Urbana", tendo provocado reação violenta do assaltante, que assim lhe respondeu quando pediu que tivesse calma:
- Tenha calma o que, seu cabra de peia...
O motorista contou que ficou revoltado com esse tratamento que recebeu: "Eu que sou um trabalhador, sou tratado de cabra de peia pelo assaltante".
Acrescentou que foram momentos de alta tensão e que só esperava poder chegar em casa para dar um forte abraço na filha.
Para acessar o vídeo do programa, CLIQUE AQUI.
O vídeo tem uma hora de duração. A reportagem a que me refiro aqui, feita por Silvio Costa, começa aos dois minutos e 30 segundos, mais ou menos, indo até os 4 minutos e 45, quando a jornalista sugere a providência de cobrança diária à produção.
Geórgia Nery justo na hora em que se prepara para chamar
a reportagem feita por Sérgio Costa sobre o assalto nas Quintas

Comando Militar do Sul tem novo titular: é um general gaúcho

O Comando Militar do Sul, que reúne em três Estados - Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná - o maior efetivo do Exército no país, tem novo comandante.
Sai o general Antônio Hamilton Martins Mourão, que vai para a Secretaria de Economia e Finanças, em Brasilia; e entra o general Edson Leal Pujol, que estava exatamente no cargo burocrático que será ocupado pelo colega a quem vai substituir.
Reportagem no portal do jornal gaúcho Zero Hora, afirma que Pujol é considerado um dos militares mais preparados do país. Começou a carreira militar em 1971, como aspirante a oficial e cursou a Academia Militar de Agulhas Negra, no Rio de Janeiro. Foi o primeiro colocado da turma de Cavalaria da Escola de Aperfeiçoamento de Oficiais.

Veja novos flagrantes da convenção do PMDB











PMDB jovem ganha espaço na executiva do partido

Pela primeira vez na história, a juventude do PMDB ganhou espaço na executiva estadual do partido no Rio Grande do Norte, com um lugar.
O presidente estadual do PMDB Jovem, Glaydson Macedo, foi escolhido consensualmente para o cargo.
No grupo, quatro mulheres também asseguraram presença na Comissão Executiva do partido - Ana Catarina Alves, Fafá Rosado, Rose Cantídio e Tânia Maria de Medeiros Bezerra.
Glaydson (camisa escura) recebe os cumprimentos de Poti Neto e Cinthia Maria

Garibaldi: O PMDB vai contribuir para recuperação do Brasil

Proclamado, mais uma vez, como a maior liderança popular do PMDB-RN, o senador Garibaldi Filho externou surpresa com a representatividade da convenção estadual que o partido realizou, nesta sexta-feira, em Natal.
- Me disseram que seria uma convenção cartorial. Se uma convenção com essa dimensão for cartorial, só devemos fazer, agora, convenção cartorial.
Em seu discurso, o senador abordou a situação nacional.
Disse que ninguém pode esconder a situação de extrema dificuldade em que vive o nosso povo, o que agrava, sem nenhum dúvida, a crise de credibilidade que afeta todos os partidos.
Contudo, declarou-se confiante, dizendo acreditar que, mais cedo do que se pode esperar, o Brasil vai superar o momento econômico difícil que atravessa e voltará a crescer para o bem de toda a sua população e o PMDB, para isso, dará uma decisiva contribuição.



"Um partido não é uma hospedaria", afirma Henrique Alves

Iniciando um novo mandato como presidente do PMDB-RN, o ministro do Turismo, Henrique Eduardo Alves afirmou que um partido político não deve ser tratado como uma hospedaria.
- Um partido, como o nosso PMDB, tem que ser tratado como a nossa casa, algo definitivo. Não é uma hospedaria onde se passa uma chuva.
O ministro fez essa afirmação logo após ter sido aclamado como presidente reeleito do PMDB-RN.
No encerramento da convenção "cartorial" que o reelegeu, Henrique tinha razões de sobras para estar feliz. 
Primeiro, pela representatividade a reunião, com a participação de representações de quase todos os municípios do Estado; e segundo, pela informação de que nada menos mais 5 prefeitos estavam se filiando ao partido - Pureza (Maria Dilma), Canguaretama (Fátima Marinho), Ouro Branco (Fátima Araújo), Riachuelo (Mara Cavalcanti) e Barra de Maxaranguape (Neidinha).
Ele afirmou que, faltando ainda mais de um ano para a eleição municipal de 2016, o PMDB já tem mais de 100 pré-candidatos a prefeito nos 167 municípios do Estado.
Frisou, aliás, que, quando se fala em eleição municipal, só se fala, em primeiro lugar, dos prefeitos e dos vice.
- Contudo - destacou - o PMDB não esquece que, numa eleição - não apenas na eleição municipal - quem é fundamental é o vereador. Como presidente do PMDB sempre faço questão de destacar o papel do vereador, que é a primeira liderança política que o eleitor procura na busca de alguma solução.


PMDB mantém Henrique como presidente no RN

O ministro do Turismo, Henrique Eduardo Alves, foi reconduzido hoje à presidência do PMDB-RN, e proclamou o senador Garibaldi Alves Filho como liderança maior do partido no Estado.
Os demais cargos ficaram assim definidos:
Presidente de honra - Geraldo Melo
1º vice-presidente - Walter Alves
2º vice-presidente - Nelter Queiroz
3º vice-presidente - Hermano Morais
Secretário-geral - Elias Fernandes
Secretário adjunto - Álvaro da Costa Dias
1º Tesoureiro - Eurico Alecrim
2º Tesoureiro - Gustavo Fernandes
1º vogal - Gleire Belchior
2º vogal - Ana Catarina Alves
3º vogal - Felipe Alves
4º vogal - Glaydson Macedo. 
Dois dos eleitos não compareceram à convenção: Os deputados estaduais Gustavo Fernandes e Álvaro Dias.

quinta-feira, 29 de outubro de 2015

Bate-boca entre Ronaldo Caiado x Eduardo Braga em comissão do Senado

Vereadora Eleika doa jogos pedagógicos a Cmeis de Mãe Luiza em Natal

Os três Centros Municipais de Educação Infantil (CMEIs) localizados no bairro de Mãe Luiza, zona Leste de Natal, receberam, nesta quinta-feira (29), a doação de jogos pedagógicos, que visam incentivar e potencializar o desenvolvimento de ações educativas nas unidades. A iniciativa faz parte do projeto ‘Educação Infantil em Destaque’ desenvolvido pela vereadora professora Eleika Bezerra que está em sua quarta etapa.
A entrega foi feita pela vereadora durante visita realizada na manhã desta quinta-feira (29) aos CMEIs Padre João Perestrello, Galdina Barbosa S. Guimarães e Nossa Senhora de Lourdes. Cada unidade contemplada receberá um kit composto por 27 unidades de jogos como, por exemplo, de memória, de encaixe, quebra-cabeças e dominó.
Para a vereadora professora Eleika Bezerra, ações que visam o fortalecimento da Educação Infantil são essenciais. “O alicerce de um adulto é formado justamente nesta faixa que vai de 0 a 5 anos, ou seja, durante a Educação Infantil que é a base da Educação Básica. Então, precisamos cada vez mais desenvolver atividades que estimulem o desenvolvimento destas crianças, pois quanto mais esta base for fortalecida, melhor será o resultado nos anos futuros”, afirma a parlamentar.
Diretora do CMEI Galdina Guimarães, Clene Nascimento, ressalta a contribuição dos jogos ao desenvolvimento dos alunos. “Esses jogos chegam em ótima hora porque estávamos realmente precisando deste tipo de material para trabalhar com os alunos. Além de ajudar na coordenação motora das crianças, os jogos também contribuem para uma rotina dinâmica em sala de aula. Essa iniciativa da professora Eleika é louvável, uma vez que visa desenvolver o gosto e o prazer pela leitura justamente na fase mais importante da criança. Estamos muito satisfeitos porque a escola ganha, as crianças também e o futuro delas agradece”, pontua.
Para esta ação foram investidos cerca de R$ 1,4 mil provenientes do salário da parlamentar para o benefício de 389 crianças. Esta é a quarta etapa do projeto ‘Educação Infantil em Destaque’, lançado em maio do ano passado e que já beneficiou estas unidades com a doação de livros infantis e jogos educativos. Nas três primeiras etapas deste projeto foram investidos R$ 6 mil. A próxima acontece no primeiro semestre de 2016.
Nota encaminhada pela Assessoria da vereadora Eleika Bezerra.
Fotos:Juliana Manzano



Agripino propõe bolsa capacitação para jovem do meio rural

A Comissão Especial do Desenvolvimento Nacional aprovou, nesta quarta-feira (28), o Projeto de Lei (PLS) 103/2015, de autoria do senador José Agripino (DEM-RN), que institui o auxílio-capacitação para o jovem do campo. A proposta integra a Agenda Brasil - pauta apresentada pelo presidente do Senado, Renan Calheiros, com o objetivo de incentivar a retomada do crescimento econômico do país. 
O objetivo do projeto, segundo Agripino, é incentivar o empreendedorismo no campo ao permitir que o jovem que mora na zona rural tenha condições de liderar um empreendimento que leve avanços para as comunidades agropecuárias. 
“O inovador da proposta é atrelar a educação à promoção do empreendedorismo. É uma política que impulsionará a formação empreendedora dos jovens que residem no campo”, ressalta. 
O projeto garante um auxílio de R$ 100 por mês aos jovens com idade entre 16 e 29 anos, residentes no campo, e que tenham concluído o ensino fundamental. O beneficiário do programa terá o auxílio, por um período mínimo de seis e máximo de 12 meses, para custear um curso de capacitação. 
Relator da proposta, o senador Cristovam Buarque (PDT-DF) disse que formação prevista parta para esses jovens terá como eixo a disseminação de conteúdos diretamente relacionados à vida no campo e aos empreendimentos rurais, com o objetivo específico de motivar e desenvolver competências empresariais. Por se tratar de substitutivo, a matéria ainda precisa ser apreciada na comissão em turno suplementar. 
“A proposição avança para além do discurso ineficaz e sugere medida prática, concreta e viável para promover a educação no campo, atrelando-a ao estímulo ao empreendedorismo”, disse o relator da matéria.
Texto e ilustrações encaminhados pela Assessoria do Senador José Agripino.


"Minha casa" estimula aquecimento solar de água reduzindo conta de luz

O aquecimento soldar de água é uma das seis atividades sustentáveis desenvolvidas em unidades habitacionais do programa "Minha casa, minha vida".
Segundo reportagem no portal da Caixa Econômica, já participam da experiência mais de 224 mil famílias em todo o país.
Citando como fonte a Associação de Ar Condicionado, Refrigeração, Ventilação e Aquecimento (Abrava), a reportagem revela que a utilização desse aquecimento além de não poluir pode reduzir a conta de luz em até 30%.

Turismo e IFRN fecham apoio a Mostra de Cinema em S. Miguel do Gostoso

Do MTur

A 3º Mostra de Cinema de Gostoso e a realização de cursos de formação técnica e audiovisual contam com o apoio assegurado pelo ministro do Turismo, Henrique Eduardo Alves. O termo de cooperação técnica entre o Ministério do Turismo e o Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IF-RN) para a realização do evento foi publicado na edição desta quinta-feira (29) do Diário Oficial da União.
Ao autorizar a liberação de R$ 210 mil para o festival em São Miguel do Gostoso, o ministro Henrique Alves, ressaltou a importância do evento para desenvolver o turismo local e promover a divulgação do destino através da sétima arte. “O Ministério do Turismo tem como competência o estímulo e o desenvolvimento dos destinos, com efetiva contribuição através de ações estratégicas como este festival de Gostoso”, afirmou o ministro.
Ainda segundo Henrique Alves, as manifestações culturais presentes em um destino, associadas ao turismo, acarretam benefícios para todos os envolvidos: os moradores, bem como os turistas que vão visitar São Miguel do Gostoso durante o festival. Além da exibição de filmes durante a mostra de cinema, ocorrerá a capacitação de jovens com a realização de cursos de formação técnica e audiovisual.
O apoio do Ministério do Turismo ajuda a consolidar o festival na sua terceira edição. Outro benefício da realização da mostra de cinema na cidade é a geração de renda para a economia local com a prestação de serviços em hotéis, pousadas, restaurantes e comércio em geral, consolidando São Miguel do Gostoso como destino turístico.
De acordo com o diretor e produtor de cinema, Eugênio Pupo, foram inscritos 529 filmes, sendo 45 selecionados para a mostra competitiva entre os dias 13 e 17 de novembro. As exibições serão ao ar livre na praia do Maceió e a expectativa diária de público é de duas mil pessoas.
A arena montada na praia conta com 670 lugares e tela de 12 m x 5 m. Já os filmes infantis e a mostra Panorama, com filmes não competitivos, serão exibidos no espaço cultural de São Miguel do Gostoso, além da realização de cursos, palestras e debates.

Habeas corpus impetrado por terceiro para José Dirceu é negado

Do STJ

O ex-ministro da Casa Civil José Dirceu vai continuar preso. O ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ) Ribeiro Dantas negou liminarmente pedido de habeas corpus impetrado em favor de Dirceu para que a prisão fosse revogada.
Segundo Ribeiro Dantas, o processo não foi instruído com cópia da decisão impugnada e do decreto prisional, o que impede a análise do pedido.
Além disso, o ministro destacou que o habeas corpus não foi impetrado pelos advogados de Dirceu, mas por terceiro, em clara ofensa ao princípio da voluntariedade recursal.
Ribeiro Dantas acrescentou ainda que, embora o artigo 654 do CPP estabeleça que o habeas corpus possa ser impetrado por qualquer pessoa, no caso não se trata de parte indefesa, mas sim de réu devidamente assistido.
Para o ministro, a impetração sem a prévia autorização do ex-ministro poderia, inclusive, comprometer a estratégia traçada por seus defensores, de modo a turbar o trâmite dos feitos já em curso no STJ.
Foto: Reprodução/Internet

Tubarão martelo, com mais de 2m, é pescado no litoral cearense

Um tubarão martelo foi pescado em alto mar e levado para o litoral de Canoa Quebrada, município de Aracati, no Ceará - informa reportagem no Diário do Nordeste.
Pela foto, o tubarão tem mais de dois metros da cabeça ao final do rabo.
A reportagem cita especialistas para dizer que esse tipo de captura, em alto mar, é normal, já que o mar é o habitat natural da espécie.
Um dos citados é o professor Wilson Franklin, do Laboratório de Zoobentos do Instituto de Ciência do Mar da Universidade Federal do Ceará:
- A princípio, não há motivos para se preocupar, já que não temos registros de ataques de tubarões na nossa orla. Eles costumam ficar na plataforma continental, nos chamados barrancos, onde são relativamente comuns. Os ataques ocorrem em locais específicos, como na África do Sul, ou em áreas do litoral de Pernambuco, por exemplo.

Rafael Motta pede à presidente que venha ver o drama de quem não tem água pra beber

Na manhã desta quinta-feira (29), o deputado federal Rafael Motta (PROS) solicitou à Presidência da República a realização de visita oficial da presidente Dilma Rousseff às áreas afetadas pela crise hídrica, no Estado do Rio Grande do Norte.
Os municípios do RN atravessam um momento igualmente delicado, uma vez que a população do Estado vive hoje a pior crise hídrica dos últimos anos. De acordo com a Empresa de Pesquisa Agropecuária estadual (Emparn), o atual período de seca é o mais delicado no Estado desde o ano de 1911, isto é: em mais de 100 anos.
“O nosso Estado passa por uma das piores secas dos últimos tempos e temos que agir. Por isso, solicitei a visita da presidente Dilma ao RN, pois é necessário a ajuda do Governo Federal para as famílias que sofrem com a seca, pois assim ela fez com as famílias que foram atingidas pela enchente do Sul”, destacou o deputado.
No último dia 24 de outubro, a Presidente Dilma Rousseff sobrevoou as áreas afetadas pelas chuvas nos estados do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina, onde garantiu apoio à população atingida pela enchente com o acesso a recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e a moradias do programa Minha Casa Minha Vida.

Senado também aprova dispensa de visto durante Jogos Olímpicos

O plenário do Senado aprovou na noite da quinta-feira (28) o projeto de lei (149/2015) que dispensa de vistos os estrangeiros que vierem ao Brasil durante os Jogos Olímpicos e Paralímpicos de 2016. A entrada sem vistos será permitida até o dia 18 de setembro de 2016 e válida por 90 dias. Agora o projeto segue para sanção presidencial.
De acordo com o ministro do Turismo, Henrique Eduardo Alves, ao liberar a exigência de vistos, o país tende a repetir o bom desempenho da Copa do Mundo, com um incremento de mais de 60% nos gastos dos turistas no período. “A medida beneficia todas as atividades ligadas ao turismo, movimentando destinos de todo o país”, disse. 
O projeto é uma bandeira de Henrique Alves desde que assumiu o Ministério do Turismo. "Entre a inclusão em pauta e as votações na Câmara e o Senado, o projeto correu em menos de um mês. É uma grande vitória do setor que agradeço aos parlamentares que perceberam a urgência e relevância da pauta", concluiu.
O texto estabelece uma portaria conjunta dos Ministérios das Relações Exteriores, da Justiça e do Turismo. Serão beneficiados aqueles que chegarem ao Brasil até 18 de setembro de 2016, com prazo de estada de até 90 dias, improrrogáveis, a contar da data da entrada em território nacional. A ausência de vistos não estará condicionada à compra de ingressos para assistir a qualquer evento das modalidades desportivas dos Jogos Rio 2016.
A relatora da proposta, senadora Lídice da Mata, afirmou que a dispensa de visto tem por objetivo facilitar o ingresso de maior número de visitantes no país. A medida, segundo ela, deve dinamizar o setor de serviços em geral e, por consequência, a economia local. A aprovação deve, portanto, impulsionar a economia do país, de acordo com o presidente da Comissão de Desenvolvimento, o senador Davi Alcolumbre.

ANO OLÍMPICO DO TURISMO 
A isenção de vistos durante a Olimpíada é uma das ações do Ano Olímpico do Turismo, uma proposta do Ministério do Turismo que tem por objetivo projetar o Brasil para o mundo, revelando os destinos, a hospitalidade do brasileiro e a qualidade nos nossos atrativos. 


Artigo do prof. Heitor Scalambrini Costa, da UFPE

A história se repete com o anúncio 
da termelétrica suja em Pernambuco 

Heitor Scalambrini Costa
Professor da Universidade Federal de Pernambuco 

Quatro anos se passaram desde o anúncio conjunto, em setembro de 2011, pelo governo de Pernambuco e pelo grupo Bertin (grupo paulista com atividades no segmento da agroindústria) da construção da “maior termoelétrica do mundo”. E a mais suja também. Com uma potência instalada de 1.438 megawatts (MW), consumindo óleo combustível, caso tivesse sido construída despejaria na atmosfera 20.000 toneladas diárias de CO2. Foi a pressão popular aliada e articulada com políticos da oposição (na época) que barraram esta imensa irresponsabilidade.
Neste final de setembro de 2015, o governo de Pernambuco com toda pompa anuncia juntamente com o grupo Bolognesi, criado em 1975 com atuação no ramo imobiliário no Rio Grande do Sul, a instalação no Complexo Industrial Portuário de Suape (CIPS) de uma usina termelétrica (UTE) de potência instalada de 1.238 MW a gás natural liquefeito (GNL). Qualquer semelhança entre estes dois episódios não é mera coincidência, e sim uma visão equivocada de que a natureza e a saúde das pessoas pouco importa, mas acima de tudo os “negócios”.
Em dezembro de 2014, o grupo gaúcho da Bolognesi Energia venceu um leilão (A-5) realizado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) para a viabilização de duas usinas térmicas. Uma no Rio Grande do Sul, e outra em Pernambuco junto ao Porto de Suape. As duas tiveram geração futura contratada, cuja previsão para começar a entregar energia no sistema é janeiro de 2019.
O projeto no Complexo Industrial e Portuário de Suape prevê a implantação de uma UTE a GNL importado e um terminal de regaseificação, com investimentos de R$ 3,5 bilhões. A UTE cujo nome é Novo Tempo, segundo o empreendedor será instalada em um terreno de 15,7 hectares, adquirido à estatal Suape por R$ 11,9 milhões. Para viabilizar o fornecimento de gás, a Bolognesi projetou um terminal de regaseificação com capacidade de 14 milhões de metros cúbicos por dia, e firmou contratos para a compra do gás fora do Brasil (fornecedor do Golfo do México), montando uma estrutura sem depender da Petrobrás, mas se sujeitando as variações e instabilidades de preços e fornecimento do mercado internacional.
O Grupo Bolognesi anunciou a contratação de um consórcio formado pelas empresas, a espanhola de construção pesada Duro Felguera e a fornecedora de equipamentos General Electric (GE), para a construção das duas unidades. O contrato foi fechado na modalidade turn-key (chave na mão, em tradução livre). Isso significa que o consórcio entrega tudo pronto, incluindo engenharia, suprimento, construção, comissionamento e testes de desempenho. As turbinas a gás da GE serão da linha GE 7HA com potência máxima unitária de 337 MW,  anunciadas como as maiores e mais eficientes do mercado (chegam a valores próximos de 60% de rendimento). Nesta usina de ciclo combinado, que usa três turbinas a gás e uma turbina a vapor, gerando energia elétrica a partir da queima do mesmo combustível, o resfriamento do equipamento é feito a ar.
Esta usina vai consumir 5,5 a 6 milhões de m3/dia de gás, que serão fornecidos por um terminal de regaseificação de GNL, a ser implantado também pela Bolognesi, que contratou a Excelerate Energy, para operação do terminal. Embarcações transportarão o gás em estado líquido (ocupam 600 vezes menos volume) até um píer a ser construído no porto de Suape. Ali, o combustível será convertido ao estado gasoso e enviado por tubulações à usina para ser queimado e gerar energia.
Além do aspecto econômico influenciado pelo custo do combustível, do transporte e pelo processo de conversão do gás, a imprevisibilidade do mercado internacional poderá refletir no preço da energia produzida. Ainda mais que existem questões técnicas que devem ser discutidas e estudadas antes da concessão da licença de instalação. Todavia, conhecendo o grau de subordinação da Agência Estadual de Meio Ambiente (CPRH) às determinações do governo, tais cuidados necessários e imprescindíveis não serão tomados, e espera-se para breve a prometida concessão da licença.
O maior impacto ambiental produzido pela termoelétrica são os gases emitidos, muitos deles de efeito estufa. São também produzidos óxidos e dióxidos de enxofre, óxidos de nitrogênio, monóxido e dióxido de carbono, outros gases e particulados. 
Também existe a geração de hidrocarbonetos. Os óxidos de nitrogênio são formadores de ozônio de baixa altitude, prejudiciais à saúde. A poluição causa problemas respiratórios, como infecções dos brônquios e doenças pulmonares.
Os gases produzidos são vários, muitos deles com emissão amplamente combatida atualmente como o dióxido e monóxido de carbono. Segundo a Agência Internacional de Energia (1994) para cada tonelada equivalente de petróleo (tep) de gás natural consumido são produzidos 2,12 t CO2. Com um consumo previsto de 5,5 a 6 milhões de m3/dia de gás, a usina despejara na atmosfera diariamente em torno de 5 a 6 mil toneladas de CO2 (180 mil toneladas /mês, 2 milhões toneladas/ano), além de outros gases extremamente danosos a saúde humana. Essas informações são de suma importância quando relacionadas a estudos das áreas médicas, que têm revelado que o óxido nítrico (NO) está na base de diversas patologias humanas, tais como, impotência masculina, diabetes, supressão da imunidade, hipertensão, câncer, processos alérgicos e inflamatórios e problemas cardíacos, entre outros. 
A este anúncio soma-se outras termelétricas a combustíveis fósseis, já funcionando em Pernambuco, hoje polo de geração de energia suja. A Termope com 520 MW a gás natural (funcionando desde 2004), Suape II de 380 MW a óleo combustível (funcionando desde 2013), mais a termelétrica a óleo diesel Termomanaus e Pau Ferro I construídas na Área de Preservação Ambiental Aldeia-Beberibe com 240 MW (576 motores instalados, funcionando desde 2009). Tudo isso, sem contar com a termelétrica prevista pela Petrobrás que atenderá a demanda da Refinaria Abreu e Lima, anunciada com uma potência de 200 MW. 
Para confundir a população, o governo anuncia Pernambuco como polo de “energia limpa” com instalações de parques eólicos e solares, e que atingirão nos próximos anos uma potência instalada de 800 MW. Mas, se levarmos em conta a soma das potências destes parques já instalados e previstos, veremos que são inferiores a esta única usina suja a gás anunciada, cuja capacidade é de 1.238 MW. Agora, levando em conta também as usinas termelétricas já existentes, o potencia total de energia suja é quatro vezes superior do que as usinas eólicas e solares. Por sua vez, tais usinas, incorretamente chamadas de “limpas” já apresentam inúmeros problemas socioambientais. 
O que com certeza se pode afirmar é que hoje, em Pernambuco, a geração de energia é a principal fonte de violações de direitos e de injustiças ambientais, pois não respeita o meio ambiente e nem a saúde das pessoas. Decisões autocráticas, sem transparência, sem participação da sociedade, com um órgão ambiental submisso é a marca de um governo que um dia propôs 
um movimento denominado “Nova Política”. De novo não tem nada.

Restam poucos centavos dos recursos da Previdência do RN

Quando Robinson assumiu o Governo, a Poupança que o IPE vinha fazendo desde o governo Wilma para pagar aposentadorias a partir de 2025, tinha quase um bilhão de reais - eram, na verdade, 990 milhões de reais. Faltavam 10 milhões para R$ 1 bilhão.
Desse dinheiro, que tinha destinação específica - por lei, que a Assembleia rasgou , em conluio com Robinson, graças a gestões do deputado José Dias, - já foram tirados 742 milhões, segundo revela hoje, em sua edição impressa, a Tribuna do Norte.
Quer dizer: Não resta quase nada - só alguns centavos pode-se dizer. Deus queira que cheguem ao final do ano.
O prejuízo causado pelo governo aos aposentados do Rio Grande do Norte não se limita ao dinheiro sacado, de forma voraz e irresponsável. Têm que ser acrescidos os valores que está deixando de render.

quarta-feira, 28 de outubro de 2015

Wilma de Faria recebe Medalha do Mérito Judiciário do Trabalho em Brasilia

Do portal do TST

A ex-governadora do Rio Grande do Norte Wilma Maria de Faria recebeu nesta quarta-feira (28) do presidente do Tribunal Superior do Trabalho, ministro Barros Levenhagen, a medalha Ordem do Mérito Judiciário do Trabalho no Grau Grão Cruz. 
A indicação da comenda foi do ministro do TST Emmanoel Pereira, e a entrega contou com a presença do ministro do Turismo, Henrique Eduardo Alves, do ministro do TST Cláudio Brandão, dos ministros do Tribunal de Justiça Alberto Gurgel de Faria e Marcelo Navarro Ribeiro Dantas, do subprocurador geral da República, Francisco Xavier Pinheiro Filho, do desembargador do Tribunal Regional do Trabalho da 21ª Região (RN) José Rego Júnior.
Atualmente Wilma de Faria é vice-prefeita de Natal. Ela é professora da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), mestra em Educação e especialista em Sociologia, com formação em Letras. Foi eleita por duas vezes governadora do Rio Grande do Norte (2002 e 2006) e três vezes prefeita de Natal (1988, 1996 e 2000). 
Em 1986 foi eleita a primeira deputada federal pelo Rio Grande do Norte, recebendo nota 10 do Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (DIAP) por sua atuação nos direitos sociais e dos trabalhadores.
Foto: Aldo Dias/TST.

Câmara retira de pauta projeto que regulariza recursos no exterior

Da Redação

Por decisão majoritária do plenário, foi retirado de pauta o projeto que trata da repatriação de ativos no exterior não declarados à Receia Federal e que tramitava em regime de urgência constitucional, por iniciativa do governo. A decisão, em votação nominal foi tomada por 193x175 votos e uma abstenção, conforme anunciado pelo presidente Eduardo Cunha.
Amplos debates precederam a votação.
Pelo texto, para regularizar os recursos trazidos de volta ao País, o interessado deverá pagar Imposto de Renda e multa sobre o valor do ativo, totalizando 30% do valor declarado. A regularização importará anistia para os crimes de sonegação fiscal e evasão de divisas, desde que não haja decisão final da Justiça contra o declarante.
O líder do PR, deputado Maurício Quintella Lessa (AL), disse que a repatriação de recursos segue as orientações da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), para recuperar recursos lícitos. Ele reconhece, no entanto que ajustes precisam ser feitos. “Mas o projeto é bom”, disse.
Por outro lado, para o líder do DEM, deputado Mendonça Filho (PE), trata-se de uma matéria complexa e com implicação penal e financeira. “Essa matéria não pode ser votada a toque de caixa. É uma irresponsabilidade”, disse ele, sugerindo a retirada de pauta imediata.
“Temos três anos para cumprir o acordo internacional com a OCDE e estamos querendo votar em poucos dias. Temos que ter clareza do que estamos votando”, ponderou Mendonça Filho.

DIVERGÊNCIAS

O deputado Daniel Coelho (PSDB-PE) considera o texto uma imoralidade. “Não podemos, para ajustar as contas do governo, permitir que dinheiro ilegal seja regularizado por meio de uma taxa”, disse. “É como o governo cobrar propina para repatriar o dinheiro sujo”, completou.
O deputado Abel Mesquita Jr. (PDT-RR) também criticou a possibilidade de pagar o imposto e conseguir regularizar os recursos. “Pagou, pode regularizar. Eu posso traficar drogas ou armas e depois pagar imposto. Vale”, disse.
Favorável à repatriação, a líder do PCdoB, deputada Jandira Feghali (RJ), discordou que o projeto crie a possiblidade de regularizar recursos de origem ilícita. A deputada, no entanto, disse que é preciso conhecer o texto com as últimas alterações do relator, deputado Manoel Junior (PMDB-PB), antes de votá-lo.
O deputado Moroni Torgan (DEM-CE) disse que as grandes lavanderias internacionais, que cobram 50% para lavar dinheiro sujo, vão quebrar, uma vez que será possível lavar dinheiro sujo no Brasil pagando apenas 30%. “Se é ilegal, não pode ser legalizado”, disse.
No mesmo sentido, o deputado Fábio Sousa (PSDB-GO) alertou que é impossível descobrir se a origem do dinheiro que está no exterior é lícita ou ilícita. “Dinheiro não tem carimbo. Não tem como saber se a origem é lícita. No futuro, dinheiro do tráfico de droga e de arma vai ser regularizado aqui com o pagamento de uma taxa”, disse Sousa.
Foto: Gustavo Lima/Câmara dos Deputados.

Festival de Violeiros e Repentistas abrirá o Natal em Natal

O Natal em Natal 2015 dá a largada no próximo dia 4 de novembro, quando os melhores nomes da viola nordestina terão encontro marcado no III Encontro de Violeiros e Repentistas, na Praça Augusto Severo, na Ribeira, em palco montado na Tenda Literária do Festival Literário de Natal, FLIN.
Promovido pela Prefeitura do Natal, através da Secretaria Municipal de Cultura (Secult/Funcarte), o encontro vai reunir velhas e novas gerações da cultura popular. 
As apresentações acontecem sempre a partir das 18h, com entrada gratuita.
Sobem ao palco os mestres da poesia popular e da moda de viola Sebastião Dias, Zé Carlos do Pajeú, Valdir Teles, Zé Cardoso, Elanio Moreira, Felipe Bezerra, Jonas Bezerra, Zé Viola, Oliveira de Panelas e Jeomacir Dantas. A coordenação é do potiguar Amâncio Sobrinho.
Texto e fotos encaminhados pela Assessoria de Imprensa do evento.
Oliveira de Panelas

Sebastião Dias

Garibaldi traz Comissão do Senado a Natal para debater a crise hídrica

Natal sediará, no dia 9 de novembro, audiência pública da Comissão de Serviços de Infraestrutura (CI) do Senado Federal para debater o agravamento da crise hídrica na região Nordeste, especialmente nos estados do Piauí, Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba e Pernambuco. A realização da reunião, proposta pelos senadores Garibaldi Filho (PMDB-RN) e Fernando Bezerra Coelho (PSB-PE), foi aprovada na manhã desta quarta-feira (28) pelos membros da CI.
“O Nordeste está vivendo uma situação de calamidade, depois de quatro anos de seca. E ainda temos que conviver com a previsão sombria de que a falta de chuvas na região prosseguirá, devido ao fenômeno chamado ‘el niño’, que se dá nas águas do Pacífico, e provoca mudanças no clima. O agravamento da estiagem torna a realização desta audiência pública urgente”, argumentou o presidente da Comissão de Infraestrutura, Garibaldi Filho.
Segundo o senador Fernando Bezerra Coelho, além de aprofundar o debate sobre a questão hídrica do Nordeste, a audiência pública funcionará como uma forma de alertar sobre o problema e pressionar o governo federal a adotar as medidas urgentes e necessárias para minimizar o sofrimento da população. “Especialmente daqueles que vivem na zona rural do Nordeste brasileiro e que estão enfrentando dificuldades até para conseguir água para beber”, explicou o senador pernambucano.
A lista de convidados para a reunião ainda não foi definida, mas deverão fazer parte dela – além de parlamentares e governadores dos estados envolvidos – o ministro da Integração Nacional e representantes da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) e do Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (DNOCS).
Foto: Reprodução/Agência Senado

Mossoroense será a nova vocalista do Calypso

Trata-se de Thábata Mendes, 28 anos.
Segundo o portal do Extra, ela é de uma família circense, tendo iniciado a vida artística aos 9 anos, apresentando-se como malabarista e palhaça.
Aí, ao lado, a ilustração da reportagem.

Deputado Carlos Augusto propõe hub logístico para Parnamirim

Desde a audiência pública, realizada no início deste ano, na Assembleia Legislativa do RN, sobre o aproveitamento da área do aeroporto Augusto Severo, em Parnamirim, o deputado Carlos Augusto Maia (PTdoB) vem alertando para a necessidade de se compensar o município, que teve grandes perdas econômicas desde a transferência das atividades para o novo aeroporto Aluízio Alves, em São Gonçalo do Amarante. O parlamentar quer agora ampliar a discussão e propõe debater esta problemática reunindo especialistas e agentes públicos para avaliar caminhos e opções que levem à retomada do crescimento e do desenvolvimento de Parnamirim.
A ideia é debater sobre a criação de um hub logístico terrestre (um distrito logístico), reforçado pelo hub aéreo de São Gonçalo, pela proximidade do Porto de Natal e pela infraestrutura já existente nas extensas áreas disponíveis na cidade. Uma das opções que o deputado está estudando e que deseja discutir é a disponibilização de um terreno pertencente ao governo do Estado (terreno da DATANORTE) para atrair grandes empresas intensivas em logística para instalar-se no município. “Isso alavancaria uma grande quantidade de empregos e oportunidades de pequenos negócios no entorno, resultando em um salto de crescimento econômico em Parnamirim”, frisa Carlos Augusto.
“Para além das atividades turísticas, imobiliária, de comércio e serviços, queremos focar na retomada do setor industrial e, também, no aproveitamento da potencialidade logística do município. Tanto pela sua localização estratégica, quanto pela confluência das principais rodovias de acesso interestaduais (BR 101 e BR 304) e até pela existência da via férrea”, explica o parlamentar.
Texto e foto encaminhados pela Assessoria do Deputado Carlos Augusto.

terça-feira, 27 de outubro de 2015

ABC só empata com o Paraná em 0x0 e chega aos 28 pontos

Parece pouco, mas, na verdade, é alguma coisa.
O ABC escapou de nova derrota, hoje, em Curitiba, enfrentando o Paraná Clube pela 32ª Rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. O jogo terminou sem abertura de contagem: 0x0.
Com isso, o ABC chega a 28 pontos. É o segundo da zona de rebaixamento, 18ª posição, a 4 pontos do Ceará que é o 17º e a 10 do Macaé, que é o 16º.
Opinião manifestada por Jorge Aldir no Facebook: "Paraná dominou o jogo porém não ofereceu perigo. ABC até que arriscou mais e o empate em 0x0 foi justo".
O próximo compromisso do ABC será no próximo sábado, às 8 horas, no Frasqueirão, contra o Sampaio Correia.

Confira outros resultados 33ª Rodada da Série B nesta terça-feira
Boa Esporte 1x2 América MG
Oeste 1x0 Luverdense
Santa Cruz 2x0 Criciuma
Paraná 0x0 ABC

Beto Santos anuncia 1º integrante de sua equipe: Yury Bagadão

Aclamado esta noite como novo presidente do América Futebol Clube, o empresário Beto Santos anunciou o primeiro nome de sua equipe administrativa: Trata-se de Yure Bagadão, filho do ex-jogador Bagadão, que será um dos dois diretores do Departamento de Futebol.
A informação está sendo divulgada no portal oficial do América, que também disponibiliza a gravação da entrevista concedida pelo presidente eleito logo depois de sua aclamação.
Para acessar, CLIQUE AQUI
.

Comissionados representam 0,8% das despesas com a máquina no RN

Essa afirmação foi foi feita hoje na Assembleia pelo líder do governo Robinson, deputado Fernando Mineiro (PT).

Professora potiguar recebe prêmio Darcy Ribeiro em Brasilia

O deputado federal Rafael Motta (PROS) entregou nesta terça-feira (27), na Câmara dos Deputados, o Prêmio Darcy Ribeiro (Edição 2015) à professora potiguar Débora Seabra. Na ocasião, o parlamentar, responsável pela indicação da educadora para receber a honraria, destacou a trajetória de Débora Seabra na educação do Rio Grande do Norte e apresentou o programa Câmara Inclusiva, cujo objetivo é que os estudantes com síndrome de Down possam trabalhar em outros departamentos da Câmara dos Deputados, como já ocorre na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, desde 2011.
Rafael Motta apresentou à Mesa Diretora da Câmara dos Deputados um requerimento para transformar o convênio temporário entre a Câmara dos Deputados e Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae), presente ao evento, e outras entidades, para o programa perene Câmara Inclusiva. "Nosso objetivo é tornar constante a contratação de alunos dessas instituições e que seja estendida a outros setores desta Casa, uma vez que atualmente o alunos da Apae prestam serviços ao setor de restauros de livros e documentos que compõem o acervo do centro de documentação e informação da Câmara", citou o parlamentar.
Além disso, o deputado também ressaltou o trabalho da educadora potiguar que é reconhecido nacionalmente. “Débora Seabra é patrimônio da educação brasileira, por isso, merecer ser homenageada pela Câmara dos Deputados, e o Prêmio Darcy Ribeiro é muito importante para aqueles que empunham a bandeira da educação no Brasil. Esse prêmio homenageia aqueles que têm trabalhos ou ações de destaque na defesa do setor educacional brasileiro, e se preocupa com a formação dos cidadãos deste país. E, neste ano de 2015, no primeiro ano do meu mandato de deputado federal, tive o prazer de indicar a professora potiguar Débora Seabra para receber essa honraria”, ressaltou o parlamentar.
No seu discurso de agradecimento, Débora Seabra reafirmou o seu compromisso com a educação do País. “Agradeço ao deputado Rafael Motta por essa homenagem, pois sei o quanto Darcy Ribeiro foi importante para a nossa educação. E eu amo a minha profissão”, afirmou a educadora.
Participaram ainda do evento o deputado federal Rogério Marinho (PSDB), além dos senadores Garibaldi Filho (PMDB) e Fátima Bezerra (PT).

PRÊMIO DARCY RIBEIRO

O Prêmio Darcy Ribeiro é promovido pela Comissão de Educação da Câmara dos Deputados, que elege todos os anos três pessoas físicas ou jurídicas que são exemplos nas ações educativas do país. A premiação consiste na concessão de diploma de menção honrosa e outorga de medalha com a efígie de Darcy Ribeiro.
Na escolha dos agraciados, a Comissão de Educação leva em consideração critérios de originalidade, ou caráter exemplar das ações educativas desenvolvidas pelos indicados ao prêmio.Todos os deputados federais e senadores podem fazer suas indicações para o Prêmio Darcy Ribeiro, e os três agraciados são escolhidos por meio de votação pelos membros da Comissão de Educação.
Darcy Ribeiro já foi ministro da Educação no Governo de João Goulart, e lutou em defesa da escola pública. Além disso, ele fundou no ano de 1962 a Universidade de Brasília (UnB). Em 1992, Darcy Ribeiro passou a integrar a Academia Brasileira de Letras, e além de obras ligadas à Antropologia, o escritor publicou os romances "Maíra", "O Mulo", "Utopia Selvagem" e "Migo".
Texto e foto encaminhados pela Assessoria do deputado Rafael Motta.

Atendendo Ezequiel, Robinson promete parar cobrança d´água em Macau

O deputado Ezequiel Ferreira de Souza, presidente da Assembleia Legislativa intermediou audiência com o governador Robinson Faria, que recebeu comissão de autoridades de Macau nesta terça-feira (27).  Na pauta discutiram soluções para amenizar a crise no abastecimento de água da cidade salineira. Atendendo a solicitação de Ezequiel, a Caern vai suspender a cobrança da taxa de água até que o abastecimento seja regularizado em Macau.
“Entendemos que a água que está sendo fornecida não atende às necessidades dos consumidores, e embora tenhamos custos na distribuição dessa água, não é justo repassarmos essa conta para o cidadão”, garantiu o governador Robinson Faria. As análises de água que foram feitas poderão resultar na suspensão temporária da taxa de água cobrada pela Caern.
Ezequiel saiu satisfeito com as ações emergenciais anunciadas pelo Governo do Estado. “O governador disponibilizou técnicos para irem a Macau nesta quarta-feira, já com o objetivo de encontrar soluções no abastecimento de água em uma das cidades mais importantes do Estado. Além de perfurações de poços, também ampliação da oferta de carros-pipa”, disse o presidente da Assembleia.
Os vereadores da região salineira expuseram as dificuldades encontradas em Macau em decorrência da seca, e destacaram que uma das soluções para amenizar os efeitos da estiagem é a perfuração de poços e ampliação dos carros-pipa.
O representante da sociedade civil, presidente da CDL de Macau, Rodrigo Aladim lembrou que além desses problemas, a população também sofre com a qualidade da água fornecida pela Caern. “A água é barrenta”, informou o advogado.
Estiveram presentes também na reunião, o deputado estadual Álvaro Dias, o secretário de Recursos Hídricos, Mairton França e diretores do Idema, Rondinelli de Oliveira e o da Caern, Marcelo Toscano.
Texto e foto encaminhados pela Assessoria do deputado Ezequiel Ferreira.

São Lucas e Hospital do Coração recusam clientes da Unimed

Pelo menos desde ontem, tanto o Hospital do Coração quanto a Casa de Saúde São Lucas, estão recusando clientes da Unimed que precisam de internamento.
Alegam falta de vagas em apartamentos.
A saída tem sido atendê-los, no máximo, na emergência.
Pelo menos dois casos muito próximos chegaram ao meu conhecimento.
Será que os hospitais privados também estão superlotados ou é algum preconceito contra clientes da Unimed?

200 mil estadunidenses querem vir ao Brasil nas Olimpíadas, diz a embaixadora

O ministro do Turismo, Henrique Eduardo Alves, recebeu nesta terça-feira (27), em Brasília, a embaixadora dos Estados Unidos no Brasil, Liliana Ayalde. Acompanhada do vice-cônsul da embaixada, John Ballard, ela se mostrou disposta a ajudar na integração entre Brasil e Estados Unidos. 
A liberação de vistos para americanos e turistas de outras nacionalidades durante os jogos olímpicos e paralímpicos do Rio de Janeiro, em 2016, e o melhor aproveitamento turístico dos parques nacionais foram os principais pontos da pauta.
Além dos Estados Unidos, Japão, Austrália e Canadá (todos eles já realizaram olimpíadas) estão entre as prioridades brasileiras para atrair visitantes sem a obrigatoriedade de visto. A medida deve ser votada no Senado ainda esta semana e segue para a sanção presidencial. 
Pelo texto, portaria interministerial assinada pelos ministérios das Relações Exteriores, Justiça e Turismo pode eximir da obrigatoriedade de vistos em caráter excepcional e unilateralmente países estratégicos durante os jogos olímpicos e paralímpicos do Rio de Janeiro, em 2016.
O prazo experimental da medida é de quatro meses a partir de junho para estadas de até 90 dias. Segundo a embaixadora são esperados 200 mil americanos durante a Olimpíada. Na Copa do Mundo de 2014, 90 mil americanos vieram ao Brasil.
O ministro Henrique Eduardo Alves acredita que a liberação do visto pode ampliar em 20% a entrada de turistas oriundos de países onde, atualmente, há obrigatoriedade de o visitante obter o visto em consulados brasileiros nos países de origem. Atualmente os americanos são os turistas que mais tempo ficam no Brasil e os que mais gastam durante a viagem. 
No último ano 600 mil turistas dos Estados Unidos vieram ao Brasil. No entanto, atualmente, são apenas sete consulados brasileiros aptos a atender a demanda americana por vistos nos Estados Unidos, além da embaixada, em Washington.
Já o Brasil enviou aos Estados Unidos no ano passado, 2,3 milhões de visitantes, o equivalente a 3% do total e turistas que visitaram àquele país em 2014. 
A embaixadora reconheceu que o turismo de negócios, científico e cultural tem contribuído para esses números expressivos. No encontro, também foram discutidos temas como segurança e hospedagem dos turistas americanos, além da conectividade da malha érea brasileira.
Liliana Ayalde disse que disponibilizará todos os canais existentes, no Brasil e nos Estados Unidos, para que os americanos tomem conhecimento das facilidades propostas pelo Brasil. 
"Para nós, procurar formas de facilitar o intercâmbio dos americanos viajarem ao Brasil e dos brasileiros viajarem aos Estados Unidos é uma prioridade. A reunião com o ministro foi muito importante, para ver de que maneira podemos dar mais informação e atrair mais americanos nos Jogos Olímpicos. É uma oportunidade maravilhosa para os nossos cidadãos conhecerem mais o país. Não somente o que vai ser a experiência dos Jogos, mas também de conhecer o Brasil mais, viajar e aproveitar sua estada aqui para conhecer os mais diferentes pontos do país. Então, nesse sentido, acho que a reunião foi muito positiva".


Garibaldi leva ao Ministério da Saúde pleito da nefrologia brasileira

A situação da nefrologia brasileira foi tema de audiência realizada nesta terça-feira (27), no Ministério da Saúde. Representantes dos profissionais de saúde que tratam da saúde renal, de pacientes renais e transplantados e de entidades de diálise e transplantes alertaram sobre o risco de insolvência que pode atingir as empresas que oferecem este serviço. O ministro Marcelo Castro determinou à sua assessoria que agilize um encaminhamento para as reivindicações.
O senador Garibaldi Filho destacou que, mesmo expondo aos convidados a real situação orçamentária da Pasta, o ministro reconheceu a importância do pedido e assegurou que sua equipe vai procurar o mais rapidamente possível uma solução para o problema. “Os setores ligados à nefrologia brasileira não estão exigindo aumento no que o SUS paga como remuneração para os procedimentos das terapias renais, eles estão reivindicando a correção monetária desses valores”.
Além do ministro Marcelo Castro e do senador Garibaldi Filho, participaram da reunião o presidente da Associação Brasileira dos Centros de Diálise e Transplantes (ABCDT), Hélio Vida Cassi; o assessor político da entidade, o potiguar José Euber Pereira Soares; a presidente da Sociedade Brasileira de Nefrologia, Carmen Tzanno; e o presidente da Federação Nacional das Associações de Pacientes Renais e Transplantados do Brasil, Renato Padilha.